Caminhar…

Ando por essas estradas, sem saber aonde chegar.
Faço planos, tenho sonhos.
Canto todos em versos mais proseados que as linhas de minhas intenções.

Já me vi num prédio em chamas
Estancando ardente fogo.
E correndo atrás da bola
Num calor de intenso jogo.

Já me vi fotografando
E em águas flutuando.

Aviões? Já decolei
Por uns já me apaixonei…

Mas em seis cordas toquei
Tantas letras já juntei.
Cantei!

E por isso me encantei.

Me peguei duvidando
No chão me arrastando
Mas no fim, entre lágrimas,
Me encontrei acreditando

E na fé, vou caminhando
Porque se eu parar de andar
Neste agitado mar
Eu termino me afogando…